quarta-feira, 17 de junho de 2015

Tarte de limão

Uma tarte que lá em casa não reuniu consenso. Acharam-na muito ácida, eu fui a única que gostei e até acho que se não fosse o ácido do limão se tornava muito enjoativa.
 
Para a próxima vou reduzir na quantidade de raspa de limão.
 
Tirei-a de um blog mas como não escrevi o nome não me recordo de qual foi, se a pessoa em questão vir o meu post agradeço que me diga para lhe dar os devidos créditos.
 
Ingredientes: 1 massa quebrada; 4 ovos grandes; 200 ml natas; 3 colh.sopa maizena; 100g manteiga derretida; 1 colh.chá baunilha; 300g acúcar; 1dl sumo limão; raspa de 2 limões
 
Modo de preparação: Untar uma tarteira de fundo falso (saltei esta parte, não achei necessário), forrar com a massa e picar a mesma com um garfo, reservar no frigorifico. Bater os ovos, a baunilha, a raspa dos limões e o açúcar. Juntar a maizena, a manteiga, as natas e o sumo de limão e bater entre cada adição de ingredientes. Verter o preparado na massa e levar ao forno a 180º mais ou menos 1h.
 
Aqui está acabada de sair do forno:

 
 
Depois de deseformar:

 
Esta tarte é muito boa fresquinha.
 
Bjs.

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Bolo das dez claras

Tinha umas caixas de claras congeladas e como precisava de fazer um bolo, mas não tinha muitos ovos decidi procurar este em especifico, pois já o tinha visto num dos meus blogues favoritos.
 
Adoro as sugestões do blogue "As receitas lá de casa", as receitas são muito fáceis e acessiveis.
 
Este bolo em particular ficou muito bom e irei repetir sem dúvida.
 
Fiz tal e qual a receita publicada no blogue:
 
Ingredientes: 10 claras; 1 pitada de sal fino; 150g de margarina amolecida; 300g de açúcar; 3 colheres de sopa de leite; 250g de farinha; 1 colher de chá de fermento; Sumo e raspa de 1 limão pequeno.
 
Modo de preparação: Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma com margarina e polvilhar com farinha. Reservar.
Começar por colocar as claras numa taça grande, com uma pitada de sal fino e bater até ficarem em castelo firme.

Noutra taça colocar a manteiga amolecida, juntamente com o açúcar. Bater bem até obter um creme fofo. Juntar o sumo e a raspa de limão e as colheres de leite. Bater novamente. Juntar a farinha e o fermento e bater novamente até estar completamente homogéneo.

Juntar uma colherada das claras a este preparado e envolver delicadamente com uma colher, de cima para baixo, sem bater, de forma a começar a soltar a massa. Ir juntando colheradas das claras e proceder da mesma forma até terminarem. Quando estiver uma massa fofa e uniforme, colocar na forma reservada, cobrir com açúcar (opcional) para lhe dar uma cobertura estaladiça e levar ao forno cerca de 35 minutos.

Aqui está ele, acabado de sair do forno:
 


Um bolo, que serve perfeitamente de base para um bolo de aniversário:
 

 
Bjs.

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Sopa de agrião e feijão manteiga

Ao fim-de-semana quase sempre faço sopa. Muito a contragosto dos meus filhos, mas tem de ser pois faz-lhes muita falta.
 
Esta que fiz ficou muito boa, é de agrião e feijão manteiga.
 
Ingredientes: 1 molho de agrião, 3 cenouras, abóbora q.b.; 1 lata de feijão manteiga; 2 alhos; 1/2 cebola; batata q.b.; 1 caldo Knorr.
 
Modo de preparação: Corto tudo em pedaços pequenos à excepção do agrião, de 1 cenoura e do feijão. Levo a cozer numa panela durantes 20m. Passo tudo e volto a colocar ao lume. Junto o agrião arranjado e lavado juntamente com 1 cenoura partida aos pedacinhos e com o feijão lavado e escorrido.

Aqui está prontinha a comer:


Acompanhei com os folhados de salsicha que fiz no outro dia.
 
Bjs.
 
 
 
 

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Folhados de salsicha

Gosto muito da massa folhada do Lidl, costumo comprar para fazer palmiers e estes folhadinhos de salsicha.
 
Fiz num fim-de-semana para acompanhar uma sopa de agrião e feijão.
 
Não gosto muito deles quentes pois acho a massa folhada enjoativa, mas depois de frios, adoro e lá em casa desaparecem num instante.
 
Aqui estão eles acabadinhos de sair do forno.



Não vou deixar a receita, pois toda a gente sabe fazer.
 
Bjs.
 
 
 
 
 
 

quarta-feira, 20 de maio de 2015

YOUZZ.net - Campanhas Garnier

Mais uma vez fui selecionada para uma campanha.
 
Gosto muito de experimentar os produtos dos questionários que nos fazem e tenho tido a sorte de ser escolhida para experimentar alguns.
 
Desta vez foi uma coloração nova da Garnier, cores muito bonitas.
 
Aconselho a experimentarem.
 
 
Em conjunto com as colorações enviaram-me alguns vales que se forem utilizados com as promoções que costumam ser feitas nos supermercados, consegue-se uma boa promoção:


De facto os castanhos são a minha côr favorita:
 




Bjs.

terça-feira, 12 de maio de 2015

Almôndegas de carne

Há pouco tempo atrás era raro fazer almôndegas em casa ou até comprar já feitas, até que um dia para variar decidi comprar carne picada no talho para tentar fazer.
 
Adorei, fiquei simplesmente fã, muito rápido de fazer ao contrário da ideia que eu tinha e o molho fica delicioso. Posso dizer até que gosto mais de comer a carne picada na versão de almôndegas do que a tradicional bolonhesa.
 
Fiz assim:
 
Ingredientes: 500g de carne de vaca picada; 1 ovo; 1/2 chouriço; 1/2 cebola; 2 alhos; orgãos q.b.; sal e pão ralado; 1 lata de tomate triturado; um pouco de polpa de tomate; açúcar q.b; azeite q.b.
 
Modo de preparação: No robot de cozinha pico a cebola, o alho e o chouriço tudo junto. Misturo à carne, tempero com os oregãos e sal. Junto o ovo e mexo bem. Por fim junto o pão ralado até ter a consistência que pretendo. Deixo repousar um pouco no frigorifico. Entretanto faço o molho. Num tacho coloco 1 alho picado e um pouco de zeite, deixo refogar junto o tomate picado e um pouco de polpa de tomate. Junto mais um pouco de oregãos, sal e um pouco de acúçar para ajustar a acidez do tomate. Quando estiver apurado junto as almôndegas um pouco de água e deixo cozinhar.
 
Acompanhei com esparguete.
 
Aqui está:

 
Elas ainda no tacho:


Para a próxima em vez de juntar o chouriço à carne, vou experimentar com farinheira.
 
Bjs.



quinta-feira, 7 de maio de 2015

Restos de pá de porco assada - Aproveitamentos

Tinha uns restos de pá de porco assada no forno já desfiada que tinha congelado.
 
E como já tinha arroz branco feito foi só colocar a carne (já descongelada) na frigideira com um pouco de azeite e uma alho picado.
 
Ficou uma delicia e tendo estas carnes assim guardadas é muito fácil e rápido fazer uma refeição.
 
Aqui a carne já prontinha a ser servida: 

 
Bjs.